Logistic equipment
handled with care

ISPM 15

Na norma global ISPM 15, são definidas medidas que garantem que as verminoses não viajem através das embalagens em madeira. A ISPM 15 descreve o tratamento a dar às embalagens em madeira, de modo a que quaisquer organismos nocivos sejam mortos. A madeira utilizada no fabrico de embalagens em madeira e tábuas deve ser tratada e marcada antes de um transporte internacional.

A ISPM 15 indica, entre outras coisas, quais os produtos que devem ser tratados, os métodos autorizados e o modo como devem ser aplicadas as marcações nesses produtos. Os compradores e os utilizadores de embalagens em madeira têm a garantia de um transporte global sem problemas com a norma ISPM 15.

A ISPM 15 não se aplica a movimento transfronteiriço dentro da União Europeia (incl. a Suíça). Para países europeus que não sejam membros da UE, a madeira e tábuas para embalagens devem cumprir os requisitos da norma ISPM 15, a fim de poderem ser importadas para um país da UE.
A Rotom tem câmaras de secagem para transporte de tratamentos térmicos. O tratamento de embalagens em madeira e tábuas só pode ser feito com tratamento a calor, como Tratamento Térmico (TT): 56ºC durante 30 minutos. Deixou de ser permitida fumigação com brometo de mitila (BM) como tratamento alternativo a partir de 18 de março de 2010 na Europa, devido a ter sido banido a utilização do brometo de mitila.

Para mais informações contacte o nosso departamento de vendas e saiba quais as possibilidades.

Exigências Fitossanitárias em embalagens de madeira

Em Portugal estes requisitos foram transpostos e processados pelo Decreto-Lei nº95/2011, e pela Declaração de Retificação nº 30-A/2011)
Para mais informações sobre as exigências fitossanitárias nas embalagens de madeira, consultar página de internet do Ministério da Agricultura: www.dgadr.pt